sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Régis Mubarak & Mubarak Yucumã



Novas Férias iniciando... Novo Projeto “Mubarak” também. Fevereiro promete! Por hoje meu Anjo da Guarda e minha Mãe é que merecem todos os créditos!

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Ou você acaba com a dúvida ou ela acaba com você


                   Simples assim. Corra atrás, procure se informar, pesquise, consulte quem realmente entende do assunto, rabisque uns rascunhos, opine, mas em hipótese alguma se deixe “engambelar” por factoides, idiotices, mentes alteradas, paixões desenfreadas, comentários maldosos, indução, correntes cheias de segundas intenções, enfim... você entendeu direitinho. Por isso nada de enrolação. Eis que estou escrevendo (novamente...) “romanticamente dependente” da bateria do notebook e graças “a chaminha de uma velinha de cera!” Quedas constantes de energia na minha cidade além de causarem estragos nos aparelhos domésticos causam estragos na paciência de qualquer um. Excuse-moi se hoje, eu estiver de mau humor!  E por ainda procurar minha trilha zen (já me referi em textos anteriores), disponho do atenuante (ou seria paliativo?) como justificativa imediata, caso venha a sofrer de pequeno descompasso (ou seria surto?), já que estou tendo dificuldades enormes em entender, definitivamente o que a municipalidade faz com o dinheiro recolhido dos impostos?
                  Ou você acaba com a dúvida ou ela acaba com você e isso vale praticamente para tudo nessa vida... Por exemplo essa onda do: #NãoVaiTerCopa e #PartiuGuerraCivil, excuse-se moi talvez já passamos da fase do chamem “Os Bombeiros” ou “Chamem a Brigada” e adentremos na fase do “Exército Brasileiro, cadê você?” Os gastos excessivos para a realização da Copa do Mundo não são vergonhosos são calamitosos, então protestar faz todo sentido. (Pra quem não leu meu texto “Certos Livros são de tirar o fôlego” publicado em dezenas de Jornais Impressos e Portais na Internet desde 2012, eis que: (...) “Jogo Sujo – O Mundo Secreto da FIFA” do jornalista e escritor escocês Andrew Jennings (...) deveria tornar-se leitura obrigatória nos currículos de muita gente inteligente, que acha que a Copa de 2014 no Brasil será um grande negócio. (Se bem que, de certo modo... e por falar em negócios cara pálida, desculpe minha ingenuidade!)” Entretanto não significa, não induz, não compactua, nem autoriza ninguém a sair pelas ruas destruindo agências bancárias, pontos de ônibus, carros da guarda municipal, lojas e orelhões. Gente o que é isso?!? Essa fúria pateticamente midiática? Destruir orelhões vai acalmar o descontentamento? Pichar muros de empresas causa algum tipo de orgasmo? Só se a criatura for lesada das ideias e esteja naquele “estágio Amy Whinehouse” que escrevi em 2008 em “Talentos Desperdiçados:” (...) muito deprimente acompanhar a excelente Amy Whinehouse ao vivo e a cores se desmanchando (cambaleante) em suas apresentações. Talentos desperdiçados como a Amy (...) talvez (combalida e doente) nem comemore os 30! (A cantora inglesa morreu em 2011 aos 28 anos.) 
                   Os Black Blocs destruindo símbolos do capitalismo? Jovens sedentos por ressuscitar o anarquismo e seja lá o que Deus (?!?) quiser... Ops!!! Militantes de partidos nanicos e nem tão nanicos assim: Esquerda? Direita? Centro? Centro do que? Depredar patrimônio público ou privado é insanidade! “Mas o Futebol é o ópio do povo?” Tá brincando: descobriram isso quando? Sexta passada? A fila dos revoltosos de dentro das Redes Sociais, de fora delas, de qualquer esquina não para de crescer porque dá Ibope, incrementado por grupos obscuros e desejosos em fomentar guerra civil nesse país que nunca foi convenhamos, primor de moralidade. Mas quer realmente mudar o mundo? Estude, faça concurso público, ingresse na Policia, na Magistratura, no Magistério e ajude a formar cidadãos conscientes através de bons exemplos e educação decente. Ah sim... e denuncie: ajudando a prender corruptos e ladrões disfarçados de "grandes pilares da comunidade" inclusive aqui... na nossa idílica Província!

Régis Mubarak